quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Resenha: More Happy Than Not

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
Por que a felicidade tem que ser tão difícil?
.
Aaron Soto, um jovem de 16 anos, está crescendo no Bronx dos dias atuais, em Nova York, poucos meses depois de tentar o suicídio e de encontrar seu pai morto com a própria navalha de barbear. Enquanto sua mãe confere folhetos do Leteo, um novo e polêmico instituto que realiza cirurgias para apagar memórias dolorosas, Aaron se reaproxima de sua devotada namorada, Genevieve, que o apoiou nos momentos difíceis, e da galera do seu bairro, que não teve a mesma atitude.
.
Então, Aaron conhece Thomas, um garoto do conjunto habitacional vizinho. Os dois se tornam grandes amigos imediatamente, e Aaron se vê compartilhando coisas jamais por ele compartilhadas, nem com Genevieve. Logo fica claro para todos ao seu redor que Aaron está se apaixonando por Thomas, o que é um problema – a relação com Gen, desta vez, é séria – e perigoso: Não é nada fácil ser gay quando você é pobre e mora no Bronx.
.
De repente, quando os antigos amigos de Aaron o agridem para ensinar uma lição (para o seu próprio bem, é claro), ele bate com a cabeça e algo estala... e novas memórias começam a emergir. Parece que Aaron já foi submetido ao procedimento do Leteo. Mas para esquecer o quê?
.
O que eu achei?
.
Eu acabei este livro de madrugada, e a minha cabeça ainda é uma confusão de sentimentos com relação a ele. Quero dizer, desde o primeiro momento eu sabia que esta não seria uma história feliz. Eu sabia que coisas ruins iriam acontecer, mesmo não tendo ciência de quais... Mas eu não imaginava o poder de destruição que está história tem.
.
Para um livro de estreia, Adam Silvera foi genial. Meu maior medo era que a sinopse que me lembrava 'Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembrança' acabasse revelando-se um copy/past do filme (assim como o caso de Mentirosos), mas isto não acontece aqui. O autor nos passa toda a sua verdade, narrando esta história da forma mais crua, real e visceral que já vi a muito tempo. Não existem papas na língua ou um texto rebuscado (e irreal para a fala de seus personagens). O papo é reto, então só lide com isto.
.
Aaron, o protagonista, e todos os seus amigos vivem no Bronx - e se você conhece o mínimo sobre NY, sabe que o bairro está longe de ser o mais favorecido da cidade. A realidade destes jovens latinos e negros cria toda uma atmosfera brutal para o livro, que mesmo ao nos apresentar o seu lado mais 'sci fi' não deixa de ser austero e tóxico - muito pelo contrário. A cada capítulo, temos que lidar com a desesperança e o anseio de mudar as coisas, em um cano de guerra onde o lado escuro da vida sempre será o mais forte.
.
E foi justamente esta disputa injusta que mexeu tanto comigo. Quando eu digo que este é um livro TRISTE, você precisa acreditar em mim. A história de Aaron começa terrível e termina surpreendentemente miserável. É uma trama em queda livre, onde cada decisão do personagem parece o levar para um buraco ainda mais profundo. E Adam Silvera não brinca em serviço. Ele sabe como mexer os nossos botões e como explodir as nossas cabeças (vide o mega plot twist na metade do livro, que não tinha como antever de maneira alguma).
.
Enfim, ainda estou me recuperando do estrago emocional que foi More Happy Than Not. Este é um livro forte, com momentos pesados, que não sei se recomendaria para alguém passando por um momento difícil. Não sei se posso chamá-lo de Bookcrush. Mas uma coisa é certa: Ele me marcou.
.
     
.
Sobre o autor:
.
Adam Silvera nasceu e cresceu no Bronx. 
.
Ele trabalhou na indústria editorial como um livreiro infantil, assistente de marketing em uma empresa de desenvolvimento literário e revisor de livros e novelas para crianças e jovens adultos. 
.
Sua novela de estréia, More Happy Than Not (lançado no Brasil como 'Lembra Aquela Vez', pela editora Rocco através do selo Jovens Leitores), recebeu várias avaliações estreladas e é um best-seller do New York Times, e Adam foi selecionado como Publishers Weekly Flying Start. 
.
Ele escreve em tempo integral na cidade de Nova York e é alto sem motivo algum.
.
TÍTULO: More Happy Than Not
PÁGINAS: 295
AUTOR(A): Adam Silvera
EDITORA: Soho Teen
NOTA: 5 Estrelas + Bookcrush

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...