domingo, 7 de agosto de 2016

Resenha: Harry Potter and the Cursed Child

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
A oitava história da série de Harry Potter é uma peça de teatro em duas partes. O roteiro está em inglês e, apesar de ter sido baseado em um original de J.K. Rowling, foi escrito por Jack Thorne. A peça estreou no Reino Unido no dia 30 de julho de 2016 com ingressos esgotados meses antes, e é a primeira vez que a saga é encenada nos palcos. 
.
A oitava história. Dezenove anos depois...
.
Sempre foi difícil ser Harry Potter e não é muito fácil agora, já que ele é um funcionário cheio de trabalho no Ministério da Magia, um marido e pai de três crianças na idade escolar. Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar onde pertence, seu filho mais novo, Alvo, precisa lidar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. Enquanto passado e presente começam uma sinistra fusão, pai e filho aprendem uma verdade desconfortável, pois a escuridão vem de lugares inesperados
.
O que eu achei?
.
Acho que nunca foi tão difícil falar sobre um livro como é o caso de Cursed Child. Eu queria dizer que estava preparado para esta leitura, mas só ao ver o meu estado atual percebo que não é verdade. Pois, mesmo fazendo parte do grupo de pessoas que não desejava um novo volume de Harry Potter (e que tinha plena consciência que a história já havia sido contada), a peça/roteiro está aí... E mesmo sabendo de spoilers que não haviam me agradado, eu tinha que ler. Pois ser fã é isto: esperar sempre o melhor, mesmo quando tudo diz o contrário. 
.
Não vou falar que jogaria toda a ideia no lixo, pois não sou extremista assim. Houveram coisas que me agradaram, e não vou negar. Saber o destino dos personagens, como são eles na vida adulta, os filhos... ISTO foi nostálgico. Para não falar de Scorpius, filho do Draco, que me conquistou não só por sua amizade com o Alvo, mas pela sua personalidade cativante -que me conquistou desde a primeira cena, e sem ele, duvido que teria chegado ao fim desta história.
.
Pois sim, tive muitos problemas com este roteiro. Sei que é para uma peça, que é focado nos diálogos... Mas isto não o eximem dos erros grotescos que comete. São coisas tão simples, e que qualquer fã perceberia, que me pergunto como a autora - participando do projeto - não poderia enxergar. São cenas de aventura forçadas, personagens descaracterizados, revelações incoerentes com a própria saga, furos na história... É triste. Pois, como muitos disseram no decorrer da semana, Cursed Child não passa de uma fanfic. E não é nem das melhores.
.
Sim, estou terrivelmente triste. Ver uma das suas séries favoritas, para não dizer A FAVORITA, acrescentar a seu cânon um material tão abaixo de si própria me faz chegar a pensar que isto é um deboche. Eu não sei nem mais o que dizer... Só estou decepcionado. E tentando fingir que este "epílogo" não existe.
.
     
.
Sobre a autora:
.
A escritora britânica Joanne Kathleen Rowling nasceu na cidade de Yate, nas proximidades de Bristol, na Inglaterra, em 31 de julho de 1965. Ela se tornaria célebre pela criação do bruxinho Harry Potter, que lhe renderia sete volumes de uma série premiada e aceita quase unanimemente pela crítica e pelo público.
.
Foi uma longa jornada até que Harry Potter e a Pedra Filosofal fosse aceito pelo mercado editorial. A autora teve que realizar um ‘tour’ por diversas editoras, e em 1994 experimentou a miséria e um estado depressivo, até a Bloomsbury decidir lançar sua primeira obra como mais uma na galeria da literatura infantil. Quando enfim ele foi publicado, em junho de 1997, Joanne ministrava aulas de francês. O sucesso foi instantâneo, vieram os primeiros prêmios no campo dos livros para crianças. Ela conquistou até mesmo a premiação de Livro Infantil do Ano, concedido pelo British Book Awards.
.
TÍTULO: Harry Potter and the Cursed Child
SÉRIE: Harry Potter
PÁGINAS: 320
AUTOR(A): JK Rowling, John Tiffany e Jack Thorne
EDITORA: Little and Brown
NOTA: 2,5 Estrelas

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...