quinta-feira, 14 de julho de 2016

Resenha: No Limite do Desejo

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
Chegou a hora de conhecer novos personagens e reencontrar outros, como Isaiah e Rachel, no quarto volume da série iniciada com No limite da atração. 
.
Haley é campeã de kickboxing, mas, após enfrentar uma tragédia, jurou nunca mais pôr os pés no ringue. Até o dia em que o cara em quem ela não consegue parar de pensar aceita uma luta de MMA em homenagem a ela. De repente, Haley tem de treinar West Young. Cheio de atitude, West é tudo o que Haley prometeu a si mesma evitar. Ainda assim, ele não vai durar cinco minutos no ringue sem a ajuda dela. 
.
West está escondendo um grande segredo de Haley, sobre quem ele realmente é. Mas ajudá-la — lutar por ela — é uma chance para a redenção. Ele não pode mudar o passado, mas talvez possa mudar o futuro de Haley. 
.
Haley e West combinaram de manter o relacionamento estritamente dentro do ringue. Mas, conforme uma ligação inesperada se forma entre eles e o desejo chega ao limite, eles terão de enfrentar seus medos mais obscuros e descobrir se vale a pena lutar pelo amor.
.
O que eu achei?
.
Eu estou sem palavras. De verdade. Fazem horas que terminei de ler este livro, mas ainda não cobsegui devolver ele para a estante. Pois, mesmo amando os livros da Katie McGarry e já esperando me apaixonar por este quarto volume da série "No Limite da Atração", a mulher conseguiu ir lá e me surpreender positivamente - escrevendo não só uma continuação, mas dando todo um novo fôlego para a trama.
.
O grande ponto da virada foi justamente este: Ele é um quarto livro de uma série, mas tem todo aquele gosto de ambiente novo. Não me entendam mal. Eu amo os livros 2 e 3. Mas enquanto eles eram como reunião de amigos, este é como novas experiências - mesmo este tendo que lidar diretamente com as consequências da história de Isaiah e Rachel.
.
Sim, já conhecemos o West do volume anterior. E sim, ele continua bem babaca... Mas esta é a trama para ele se desconstruir. O livro traz tantos temas maravilhosos para serem dialogados, como relacionamentos abusivos e violência doméstica, que não tem como odiar o texto da autora. E ver que isto é uma constante na série, uma crescente, me faz afirmar - com toda a certeza - que este é um dos melhores exemplos de livros Jovens que precisam ser recomendados.
.
Para completar temos Haley, esta campeã nacional de luta, que vem de uma grande família de lutadores e que tem tanta bagagem emocional quanto West. Eu me identifiquei bastante com o universo do esporte que a autora retrata e em que a garota está inserida. Ter um pai lutador sempre te faz olhar de forma mais crítica quando o esporte é abordado, e a Katie McGarry definitivamente fez o dever de casa.
.
Enfim, não tenho mais o que falar. Li. Me apaixonei. Ri e chorei. Não preciso acrescentar mais nada: mais um Bookcrush de 2016.
.
.
Sobre a Autora:
.
Katie McGarry foi adolescente na época do grunge e das boy bands e se recorda desses anos como os melhores e os piores de sua vida. Ela gosta de música, finais felizes e reality shows, e torce secretamente pelo time de basquete da Universidade de Kentucky. Katie adora interagir com seus leitores. Você pode entrar em contato com ela pelo seu site pessoal, pelo Twitter @KatieMcGarry ou pelo Facebook.
.
TÍTULO:  No Limite do Desejo
TÍTULO ORIGINAL: Take Me On
SÉRIE: No Limite da Atração
PÁGINAS: 350
AUTOR(A):  Katie McGarry
EDITORA: Verus
NOTA: 5 Estrelas + Bookcruh

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...