terça-feira, 9 de junho de 2015

Resenha: Livro das Sombras [Coven #1]

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
Morgana Rowlands nunca se imaginou como algo além de uma garota sem graça de 16 anos, ainda mais se comparada à melhor amiga, a linda Bree. Porém, isso está prestes a mudar. Quando Cal, um veterano transferido de outra escola, entra na vida da garota, ela se vê imersa em um novo universo: o rapaz se revela um bruxo à procura de pessoas para montar um coven. Intrigado com a habilidade de Morgana de manipular a energia dos ambientes, Cal logo descobre que ela tem algo especial. Assim como ele.

A ligação entre eles é imediata e impossível de ser desfeita: Cal desperta o poder de Morgana, seu amor e sua magia. Porém, isso gera mais problema para sua vida do que ela imaginara. Bree está perdidamente apaixonada por Cal. Será Morgana capaz de controlar seus sentimentos em prol da amizade ou a conexão entre eles é mais forte do que ela própria?
.
O que eu achei?
.
Depois de um longo e terrível inverno, finalmente voltei a ler um romance sobrenatural. Se eu disser que não estava sentido falta de me debruçar sobre uma história paranormal - mesmo aquelas mais simples, estaria mentindo epicamente. Pois sim, eu estava louco para voltar a ler alguma aventura com um toque de mistério e um pé no outro mundo. Infelizmente, hoje em dia, o foco do mercado literário jovem são as distopias ou os romances Novo Adulto - e isto não quer dizer que eu não gosto deles, muito pelo contrário - mas significa que novos livros com criaturas sobrenaturais não encontram mais espaço e destaque como antigamente. Por isso, quando a Galera anunciou a publicação de "Livro das Sombras", da Cate Tiernan, eu fiquei bastante interessado.
.


A autora, já publicada anteriormente no Brasil com a trilogia (também sobrenatural) "Amada Imortal", é bastante querida pelo público. Sempre vi muitas críticas positivas e empolgadas com relação aos trabalhos dela, por isso não pensei duas vezes ao solicitar este primeiro volume da série "Coven" - ainda mais ao saber que se tratava de uma história com Bruxas.
.
Eu confesso que não conhecia esta saga da autora, então o meu primeiro contato com a escrita dela foi justamente com "Livro das Sombras". Para a minha alegria, o texto de Cate Tiernan é super fluído e gostoso. Eu basicamente li o livro inteiro de um dia para o outro, e mesmo tento um ritmo bem tranquilo na história, os capítulos curtos e a narrativa em primeira pessoa - acompanhando a vida de Morgana, uma jovem do Ensino Médio de uma pequena cidade próxima à Nova York - não me fazia querer largar o romance, muito pelo contrário. Apesar de estar esperando por algo maior, a proposta desta primeira parte - com suas 208 páginas - é justamente apresentar o universo criado pela autora.
.
Por falar em universo, para mim, este foi o grande trunfo do romance. Ao escolher falar sobre Bruxas, Cate Tiernan esmera a sua mitologia em princípios da Wicca. Ou seja, mesmo com o fantástico permeando cada cena e cada acontecimento, tudo tem um toque extremamente verossímil - como se, de fato, pudesse acontecer no mundo real. O clima do livro me lembrou bastante do filme "As Jovens Bruxas", mas pendendo para o romance ao invés do terror/suspense, e isto me agradou muito.
.
Em contrapartida, a linha central da história me incomodou bastante. Vejam bem, a trama principal se desenrola pois um jovem rapaz misterioso chega na escola e chama a atenção de todos. Ele é simpático e consegue falar com todas as tribos. A grande questão nisto? Cal, como é chamado, é um bruxo em busca de um Coven. Para isto, ele convida adolescentes de cada grupo - inclusive Morgana e sua melhor amiga Bree. Tudo isto não teria problema nenhum se... Morgana e Bree não começassem a gostar de Cal ao mesmo tempo, o que invariavelmente abala a amizade das duas. Então, sim, as duas amigas de infância começam a brigar por homem. E não existe nada, NADA, que me irrite mais (além de um triângulo amoroso) do que ver uma amizade ser destruída por conta de (me desculpem a palavra chula) "macho". Eu acho isto desfavor tão grande! Posso estar sendo um idealista, mas acredito que amizades devem ser mais fortes do que namoricos, e sempre que vejo autores usando esta ideia de que amigos podem ser "descartáveis" quando existe uma terceira pessoa no jogo, me deixa muito triste.
.
Enfim, esta história pode nem dar em nada nos próximos volumes, mas neste, ela me irritou de verdade - pois acabou tirando pela metade todo o brilho do livro. Sem sombra de dúvidas, estarei a espera das continuações, pois a trama sobre o Coven das Bruxas e afinidade que Morgana parece sentir pela mágicka realmente me instigou e chamou a minha atenção. Entretanto, torço no fundo do meu coração para que haja uma reviravolta no caso Cal-Morgana-Bree e que, nas sequências, Cate Tiernan corrija esta mensagem deturpada que deixou presente no primeiro volume.
 
.
.
Sobre a autora:
.
Cate Tiernan nasceu e foi criada em Nova Orleans, cidade que culpa pelo seu gosto pelo o excêntrico e pelo sobrenatural. Cursou a Universidade de Nova York, onde estudou literatura, redação e russo. Antes de estrear como autora, foi assistente editorial na Random House, trabalhando em livros infantis e juvenis. Mora com o marido e os filhos em Durhan, Carolina do Norte. É autora também da série "Amada Imortal''. 
.
TÍTULO:  Livro das Sombras
TÍTULO ORIGINAL: Book of Shadows
SÉRIE: Coven
PÁGINAS: 208
AUTOR(A): Cate Tiernan
EDITORA: Galera
NOTA: 3 Estrelas

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...