sexta-feira, 19 de junho de 2015

Resenha: Until The End [Sea Breeze #9]

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
Trisha Corbin sempre soube esconder um hematoma. Com os namorados de sua Mãe incapazes de manter suas mãos longe dela, ela não tinha escolha. E enquanto isso significava que os caras não chegariam perto seu irmão mais novo, Krit, valeu a pena. Mas seus dias sonhando que o Príncipe Encantado viria resgatá-la estão muito, muito no passado. 
.
Rock Taylor sempre teve um plano. Através do futebol, ele iria sair da vida em que ele nasceu. Um passeio completo para jogar por um grande time da faculdade estava ao seu alcance, assumindo que ele não permitisse que nada estivesse no seu caminho. Mas marcar um encontro com a garota mais quente em Sea Breeze foi comprovando ser mais difícil do que o esperado. Trisha Corbin estava andando na fantasia de todo homem, e ela nem sequer olhou no seu caminho. Quando finalmente Rock faz Trisha entrar em seu caminhão, não é um encontro. É porque ele a encontra na beira da estrada, espancada, ferida e andando para o hospital local. Antes que Rock saiba, o futebol não é mais sua vida. Trisha Corbin é. E ele vai fazer de tudo para salvá-la. E mantê-la.
.
O que eu achei?
.
Depois de muito protelar (e ponha muito nisto), finalmente li o último volume de "Sea Breeze". Este meu adiamento foi totalmente proposital, pois esta é uma das minhas séries favoritas da Abbi Glines, e depois de tudo eu realmente não queria que chegasse ao fim (mesmo estando extremamente feliz pela autora ter dado um ponto final para estes livros, pois sabemos como ela pode continuar eternamente em uma cidade - não é mesmo, Rosemary Beach?!). O que mais me deixava empolgado com relação à Until The End era que, além de contar a história de como Rock & Trisha se conheceram, também teríamos alguns contos contando como estariam todos os casais dos livros anteriores - ou seja, a minha expectativa estava nas alturas por este fechamento. Entretanto, nem tudo foi como planejado...
.


Não digo isto com relação à história principal. Sim, nós já começamos o romance sabendo que Rock & Trisha terminam juntos e mais do que felizes - já que eles são um casal completamente estabelecido e sólido desde o começo da série. Mas ver como tudo aconteceu foi realmente adorável e emocionante. Foi divertido ver os dois na adolescência, no último ano da escola, pois - mesmo tendo a mesma faixa de idade dos outros personagens - eu sempre enxerguei o casal com um ar mais maduro e ajuizado do que os seus demais amigos. Sem falar que, até que os dois estejam finalmente apaixonados, muita coisa acontece... E, mesmo sendo uma história menor do que as anteriores, a autora soube como construir muito bem os problemas da Trisha e do Rock, e como os dois conseguiram superar as barreiras.
.
Porém, se a história de Rock & Trisha alcançou as expectativas, o mesmo não posso dizer com relação aos contos "epílogos". Quando eu soube deste "extra", fiquei realmente empolgado com a ideia. Pois, sim, seria fantástico rever cada personagem que conhecemos e torcemos (ou odiamos) nos volumes anteriores, e saber como eles estariam atualmente. Infelizmente, a execução foi extremamente falha. Poucas histórias conseguiram se destacar, e a grande maioria girou em um ciclo infinito de repetições - parecendo mais um final de novela do que outra coisa. O único "throwback" que realmente me empolgou foi o epílogo de Krit e Blythe de "Bad For You" (o que é irônico, pois não são o meu casal favorito), pois ela contou como estava TODO o núcleo deles, e fugiu (mesmo que de forma tímida) dos pecados cometidos nos outros contos. Além deste, ressalto apenas o epílogo final da série, narrado alguns anos depois, que mostra um possível crossover com outra série da autora - e esta perspectiva realmente me deixou empolgado.
.
Enfim, se a Abbi Glines tivesse apenas se focado em contar a origem de Rock & Trisha, eu teria dado cinco estrelas com louvor ao último volume de "Sea Breeze". Não só isto, eu acho que com certeza teria favoritado este romance. O dois foram extremamente carismáticos e a história de como ficaram juntos me fisgou do início ao fim. Infelizmente, a ideia dos epílogos não funcionou e acabou tirando um pouco o brilho do volume. Talvez, se ela tivesse dado um epílogo único para todos, as coisas fossem apresentadas de uma forma melhor e menos cansativa. O que é uma pena, pois uma série como esta merecia um trabalho cem por cento satisfatório - e eu sei que a autora é capaz de fazer isto.
.
.
Sobre a autora:
.
Abbi Glines nasceu em Birmigham, Alabama. Morou na pequena cidade de Sumiton até os 18 anos, quando seguiu o namorado do colégio até a costa. Atualmente os dois moram com os seus três filhos em Fairhope, Alabama. Autora de diversos livros da lista dos mais vendidos do The New York Times - entre eles, os livros da série Rosemary Beach, a duologia The Vincent Boys, e os volumes de Sea Breeze - Abbi é viciada no Twitter (@abbiglines) e escreve regularmente no seu blog.
.
TÍTULO: Until The End
SÉRIE: Sea Breeze
PÁGINAS: 271
AUTOR(A): Abbi Glines
EDITORA: Simon & Schuster
NOTA: 4 Estrelas

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...