domingo, 2 de fevereiro de 2014

Debate: Sobre o valor de Rony & Hermione...

.
Sabe, eu sou uma pessoa meio lenta quando acordo. Geralmente, tendo a ver, ou escutar, coisas estranhas dos mais variados gêneros - tudo por culpa do sono. Mas eu sei quando estou alucinando ou não... Por isso, a última coisa que eu estava esperando ao abrir o meu navegador da internet hoje pela manhã, depois de uma longa noite de sono, foi ler a seguinte notícia:
.
''J. K. Rowling questiona relacionamento entre Rony e Hermione''
.
Confesso que eu precisei parar por um minuto, ir no banheiro jogar um pouco de água no rosto e tomar meu café da manhã para ter certeza de que não estava tendo uma alucinação matinal. Mas não, como eu imaginava, eu não estava. E, naquele momento, os mais variados tipos de pensamentos me tomaram de assalto, desde o simples ''O quê?!'' até o complexo ''Que m*rda esta mulher bebeu, fumou, cheirou e injetou?!''.
.
.
E isto foi só a minha reação ao ler a manchete! Então, imagine quando eu li o restante da declaração divulgada, que eu queria - e eu quero, eu torço, eu estou orando até agora, de verdade - para que fosse uma mentira das boas, mas que infelizmente parece que vai sair na integra na próxima edição da revista ''Wonderland'' - cuja editora especial convidada foi a atriz Emma Watson (a Hermione da série cinematográfica, e a entrevistadora de Rowling no caso em questão)...
.

''Eu escrevi a relação Hermione / Ron como uma forma de realização de desejo. Foi como ela foi concebida, realmente. Por razões que têm muito pouco a ver com a literatura e muito mais a ver comigo agarrada à trama como eu imaginei primeiramente, então Hermione acabou com Ron. 
Eu sei, eu sinto muito. Eu posso ouvir a raiva e fúria que isto pode causar em alguns fãs, mas eu estou sendo absolutamente honesta, e a distância me deu perspectiva sobre isso. Foi uma escolha que eu fiz por razões muito pessoais, e não por razões de credibilidade. Estou quebrando o coração das pessoas dizendo isso? Espero que não.''
.
Além de confessar suas incertezas com o relacionamento entre Rony e Hermione, a autora também afirmou que imagina os dois indo a muitas terapias de casal (dando a entender que, devido a personalidades e talentos tão discrepantes, a dupla sofreria problemas graves no casamento - o que me leva em um ponto mais fundo, e que mais tarde eu revelo) e que pensou muito se não deveria ter colocado o final da história com Harry se casando com Hermione (O que foi o momento mais ''Really?!'' de todos).
.
.
Não vou negar que esta notícia me deixou chateado, pois ela me deixou. E muito. É só ver as minhas reações no Twitter para ver o quão revoltado eu fiquei. Estou desapontado de verdade. Achei a declaração da autora completamente impensada e até um pouco infeliz. (Mais infeliz até do que o desabafo da Stephenie Meyer no ano passado, que meio mundo condenou). Por quê?! Bom, com este comentário, ela conseguiu matar (ou tentou, para ser mais exato) metade da mágica que ela mesma criou no decorrer de sete livros, contando a história do irmão Weasley ''sem destaque'' e da bruxa mais inteligente de sua geração.
.
Mesmo que ela não consiga enxergar (e, sério, estou em choque até agora... Como ela mesma - a autora - não consegue enxergar?!) a mensagem por detrás do relacionamento dos dois, ela existe sim. Durante toda a série, nós conhecemos Ronald, um garoto que por muitas vezes foi ofuscado pelos irmãos e até mesmo pelos melhores amigos. O tradicional ''garoto invisível'', que nunca sentiu ter destaque sobre algo ou que fosse tão espetacular como os exemplos a sua volta. E, no fim, ele foi grande - mesmo contra todas as expectativas, até as próprias. No decorrer da saga, a própria Rowling nos mostrou com ele que você não tem que ser ''o maioral'' ou a pessoa que ''todos amam'', pois só sendo você mesmo já o torna único e especial. E foi isto que a Hermione conseguiu ver nele, mesmo com todas as implicâncias e brigas.
.
.
Rony é aquele personagem que todos conseguem se identificar. Nós estendemos as suas inseguranças e o seu ciúmes. E isto o faz ser um dos personagens mais incríveis da série inteira.
.
Já no quesito romance, não consigo imaginar Hermione e Harry como um casal, fico até entediado só de pensar. Os dois são sérios demais, não tem química, seria uma chatice só. Eles são mais do que amigos, são irmãos. É praticamente incesto pensar nos dois juntos. E o Rony quebra essa coisa cética, ele a completa. O que falta em um tem no outro e é disso que um casal precisa pra ser feliz. Em quanto Harry com a Gina, ele é muito orgulhoso e ela tem atitude, exatamente o tipo de mulher que Harry precisa ter ao seu lado. 
.
E a amizade de Hermione e Harry, tem pureza, nos faz acreditar que pode sim existir amizade verdadeira entre pessoas de sexo oposto - um fato que, em pleno século XXI, ainda é contestado. Este foi um ponto que sempre me orgulhei de defender, e que com esta declaração, simplesmente cai por terra. E o que me deixa com mais raiva ainda da ''declaração''. Na minha opinião, não existe outro caminho, observo a história toda com a mente aberta e analiso cada ponto, cada vírgula. Rony e Hermione precisariam de terapia? Ótimo, isto só mostra o quão real os dois são juntos. Eles teriam os seus problemas, como qualquer outra casal da vida real, mas superariam e seriam felizes - de verdade. Não por eles serem pessoas muito diferentes, ou por Hermione se sentir presa e podada em um casamento que não a deixa feliz, como esta nota dá a entender (e que só o Harry poderia acrescentar ao seu potencial, o que consegue ser ainda mais ridículo).
.
.
Não sei se essa entrevista é verdadeira realmente, mas quero muito que não seja. Aliás, não consigo imaginar a J.K. Rowling dizendo isso. Prefiro fingir e ainda me restar um pouco de fé na humanidade após isto. Acho que pra mim o romance Rony e Hermione e a amizade entre ela e Harry são extremamente geniais, cada detalhe, cada cena… Simplesmente não tem pelo o que se arrepender. 
.
ps: Isto para não dizer que ''o que está escrito, está escrito''. Ou, de forma mais clara e literal - Rony e Hermione é real, então chora fãs de H². E chora Rowling! Fim de história.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...