sexta-feira, 7 de junho de 2013

Resenha: The Edge Of Never

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.
.
O que eu achei?
.
Depois de muito postergar, finalmente acabei me rendendo e fui ler o tão comentado ''The Edge of Never'', de J. A. Redmerski. Eu tinha o livro digital dele no meu e-reader desde o começo do ano, mas as críticas entusiastas acabaram me distanciando da leitura por um bom tempo. Eu já disse aqui várias vezes: quanto mais um livro é falado, seja no sentido positivo ou no negativo, mais eu fico com medo de o ler. Eu tenho sérios problemas com expectativas, e sei muito bem disto, então sempre prefiro esperar a poeira abaixar para tirar as minhas próprias conclusões. Só que, quanto mais tempo passava, mais instigado eu era à ler o livro. Até que chegou ao ponto de não conseguir resistir mais - e isto aconteceu na semana passada.
.

''Entre o Agora e o Nunca'' (título nacional, e que para mim não faz tanto sentido na história quanto ''No Limite do Nunca'') é mais um romance New Adult que chega por aqui já fazendo barulho. Eu fui uma das pessoas que mais relutou com relação à este ''novo gênero'' literário, mas agora reconheço que começo à entender as suas particularidades (vide o meu vídeo de ''Eu Recomendo'' sobre NA's). O estilo narrativo é sempre muito desbocado, e ele lida com assuntos como sexo, bebidas e outras coisas de uma forma que - querendo ou não - em um Jovem Adulto pode soar um pouco leviana (o que não significa que YA's não possam tratar destes assuntos, muito pelo contrário, temos vários exemplos bastantes conhecidos neste nicho... Mas, sim, o peso da ''classificação etária'' acaba pesando aqui). Enfim, ''The Edge'' é um ótimo exemplo disto.
.
Com relação às cenas de sexo, este foi - sem sombra de dúvidas - o que mais ''erotizou'' a coisa toda. Sabe, acho que estou me expressando mal... Mas como eu poderia dizer?! Em New Adults, existe sim a descrição mais detalhada das cenas ''quentes'' e tal. Mas todos que eu li até então ainda mantinham uma áurea mais romântica, que não soava tão agressiva (ou pornográfica) para o leitor. Já no caso da história de Cam e Andrew, as coisas são mais escrachadas, se é que estou me fazendo entender (Acreditem, estou tentando colocar em palavras a minha linha de raciocínio! Rsrs). Eles literalmente não possuem freios na hora da narração, e confesso que até um marmanjo como eu fiquei um pouco ruborizado (imaginem só!) no início, com todos os pingos nos is que estão presentes no texto.
.
Já que estamos falando da narrativa,  apesar da escrita de J.A. Redmerski ser super fluída e divertida e direta, ela não me conquistou logo de cara. Isto só foi acontecendo com o tempo, conforme eu ia conhecendo os protagonistas e a forma de pensar de cada um. Os dois me cativaram bem lentamente, mas de uma maneira tão gradual e tranquila e natural, que eu me sentia a terceira pessoa da relação. A autora soube caracterizar o casal muito bem, de uma forma que o leitor consegue entender todos os dilemas e as dúvidas que cada um enfrenta - sem falar que podemos ver o crescimento pessoal deles através das páginas, principalmente da Camryn.
.
Quanto ao tão comentado (e odiado) final inesperado, eu realmente não consegui sentir a surpresa que muitos relataram. Durante todo o livro, eu consegui antever e captar algumas dicas que a própria Redmerski liberava. Apesar de não ter adivinhado o que de fato acontece, eu já tinha dezenas de dúvidas e teorias do que poderia estar para ser revelado, pois no decorrer da própria narrativa nós podemos visualizar isto nas entrelinhas. Sem sombra de dúvidas, quando chegamos neste ponto, toda a trama ganha um giro de 360º... Mas, justamente por estar bastante atento, eu meio que já estava preparado para o clímax do história.
.
Em suma, ''The Edge of Never'' foi uma leitura que me fisgou. Agora eu posso dizer que consigo entender o por que de tanto falatório e adoração sobre ele, pois quando eu o terminei, já estava completamente fascinado por tudo. Literalmente, eu fiz uma verdadeira road trip com Cam e Andrew, sem sair do lugar. A trilha sonora que embala vários momentos do livro é simplesmente incrível - e mais incrível ainda foi o fato de eu conhecer mais da metade das músicas (obrigado pai e mãe!). A trama possui um começo, um meio e fim que se encaixam perfeitamente em  tudo - o que me fez pensar se uma continuação era realmente necessária... Mas, já que ela vai sair mesmo, vamos apenas aguardar, não é mesmo? Enfim, nem preciso dizer que mais do que recomendo a leitura dele. Agora, vamos ver o que o futuro nos espera em ''The Edge of Always''.
.
Meu Quote Favorito:
.
''- Dor é dor, gata - (...) - Só por que o problema de uma pessoa é menos traumático do que o de outra, não significa que deva doer menos.''
.
Para ler escutando:
.
Música: Dream On - Artista: Aerosmith
Música: Hotel California - Artista: The Eagles
Música: Dust in The Wind - Artista: Kansas
.
Apenas as minhas favoritas da playlist! ;)
.
Sobra a autora:
.
J. A. Redmerski é a autora de The Edge of Never, da trilogia Darkwoods e Dirty Eden. Ela é fã de lobisomens e zumbis, viciada em livros e obcecada pelo universo de The Walking Dead. Ela mora em North Little Rock, Arkansas, com seus três filhos e um maltês.
.
TÍTULO:  The Edge of Never
PÁGINAS: 426
AUTOR(A):  J. A. Redmerski
EDITORA: CreateSpace
NOTA: 5 Estrelas

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...