quinta-feira, 2 de maio de 2013

Resenha: Fiquei Com o Seu Número

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito!
.
Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir. 
.
O que eu achei?
.
Então, eu sempre tive um certo receio/preconceito ultra irracional para ler algo da Sophie Kinsella. Mesmo com todos falando maravilhas dos livros dela, e mesmo gostando bastante da adaptação de ''Os Delírios de Consumo de Becky Bloom'', eu meio que me bloqueava para querer algo produzido por ela. Acho que, em parte, era o meu subconsciente que aprontava esta comigo pois - convenhamos - os livros dela SÃO caros... Então, se eu me decepcionasse, acabaria sentindo muito (junto com o meu bolso. É.).
.
Mas eis que eu tive a oportunidade de conseguir uma edição digital de ''Fiquei com o seu número'', então resolvi tirar logo a prova dos nove. E o que eu descobri com isto? Bom, que eu não precisava ter tanto medo de me decepcionar com a autora. E que fui muito idiota por levar TODO este tempo para descobrir isto.
.
A escrita da Sophie é MUITO boa. Ela é leve, e gostosa e te conduz com tanta naturalidade que, mesmo o livro sendo um tijolo (o que, não vamos negar, ele é!), você nem percebe as páginas passarem. Muito pelo contrário, em nenhum momento você sente que a narrativa está arrastada ou que a autora está te enrolando. Tudo se encaixa, e isto é legal.
.
É claro que a grande estrela do livro é a Poppy. Nossa, é muito raro eu abraçar uma protagonista tão rápido, e ela - logo nas primeiras páginas - já tinha me conquistado. Acho que não tem como não gostar da Poppy. Ela é engraçada, alto astral e MUITO sem noção. A relação que ela cria com o Sam, o medo absurdo que ela tem da família do noivo (e da própria cerimonialista, que - tipo - foi ela quem contratou), as idiotices que ela comete... São aspectos que, em uma outra personagem qualquer, poderia ser ridícula ou inverossímil ou mesmo forçada. Mas, com ela, funciona. 
.
Nunca senti tanta vergonha alheia ou dei tanta gargalhada quanto com ''Fiquei com o seu Número''. Sério, eu ria tão alto que as pessoas olhavam para mim como se eu estivesse enlouquecendo. Gostei por ele ser passar no Reino Unido, e ter todo este humor britânico - que é um tempero à mais ao romance. Quando comecei à ler, não esperava nada dele - e, no final, acabou se tornando um dos meus favoritos. Simplesmente, não tenho mais palavras para dizer o quanto eu gostei do volume.
.
É engraçado, e fofo, e te prende do começo ao fim... Ou seja, é um livro muito amor, e ponto final!
.
Sobre a autora:
.
Sophie Kinsella (o famoso pseudônimo da escritora Madeleine Wickham) é uma escritora britânica. Nascida em Londres, 12 de dezembro de 1969, foi uma ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira - o que a ajudou bastante, assim que começou uma carreira como escritora.
.
Seu trabalho mais conhecido, a série ''Os Delírios de Consumo de Becky Bloom'', deu origem à uma adaptação hollywoodiana de sucesso.
.
TÍTULO: Fiquei com o seu número
TÍTULO ORIGINAL: I've got your number
PÁGINAS: 464
AUTOR(A): Sophie Kinsella
EDITORA: Record
NOTA: 5,0 estrelas

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...