quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Coluna: Julgando Livros Pela Capa #9

.
Olá, peeps! Aqui estamos nós, mais uma vez, para um dos posts mais legais do blog: O Julgando Livros Pela Capa
.
Eu estava bastante indeciso para escolher qual livro iria estrelar esta nossa coluna de hoje, mas como eu ainda estou meio nostálgico devido à minha leitura de ''Black Heart'', da Holly Black, resolvi - como uma forma de homenagem à nossa querida família Sharpe & Cia. - dedicar este espaço para a incrível, fantástica, perfeita (e vários outros super adjetivos) série ''The Curse Workers/ Mestres da Maldição''.
.
Espero que gostem do post, e me digam qual é a capa preferida de vocês! *olhos brilhando*
.
.
EUA (primeira edição): Quem acompanha aqui o blog já à um tempo, sabe que eu AMO esta edição. E não teria por quê não amar... Ela é incrível, lindíssima, e traz todo o clima presente do livro. Boa parte das edições internacionais são em cima desta arte, inclusive a nacional (publicado por aqui pela editora Rocco). Eu gosto de tudo nela, desde as cores, o efeito de fumaça nas fotos e a fonte no melhor estilo ''manchete de jornal''. (Sem contar que a minha imaginação - ou a falta dela - escolheu os modelos da capa para serem os meus Cassel e Lila da minha cabeça. É. No regreats!).
.
.
EUA (segunda edição): Já esta nova edição dos livros pela Terra do Tio Sam me desapontou imensamente. Eu simplesmente não consigo fazer uma conexão com a história e estas capas. Sem falar que são super sem-graça... Fala sério, se você tivesse que escolher entre a primeira e segunda edição, com qual você ficaria?! O detalhe dos desenhos imitarem impressões digital são realmente interessantes, mas isto não faz o menor sentido na trilogia, já que todos os personagens são obrigados à usarem LUVAS! 
.
.
Reino Unido (Hardcover): Mesmo não sendo a minha edição favorita, eu reconheço que acho as capas dos hardcovers britânicos super legais. A primeira vista, elas podem até soar meio infantis, mas quando você olha para ela com mais atenção, você percebe todo o jeitão meio macabro e subversivo presentes na narrativa da Holly ''Diva'' Black. A minha ilustração preferida é a de Red Glove, e eu acho a fonte e a diagramação usada nas artes simples e ao mesmo tempo muito bonita.
.
.
Reino Unido (Paperback): Já nas edições em paperback, a editora britânica resolveu apostar em imagens manipuladas. Eu gostei bastante do resultado final - apesar da fonte usada ter um toque meio ''anos 70/Círculo do Livro'' (entendedores entenderão) - mas as artes foram feitas de formas muito caprichadas (apesar de serem Spoilers gritantes dos respectivos livros. É).
.
Alemanha (primeira edição): Já a última imagem é da primeira edição de ''Gata Branca'' na Alemanha. Agora a editora publica os livros por lá com a mesma arte da primeira versão americana, entretanto foi desta maneira que Cassel e seus amigos pisaram na terra do chucrute pela primeira vez. As cores clássicas da série (o branco, o preto e o vermelho) estão presentes na imagem, mas a presença de uma Borboleta (?!) na capa realmente não fez nenhum sentido para mim. Fez para você?!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...