quinta-feira, 19 de abril de 2012

Coluna: Julgando Livros Pela Capa #6

.
Yeap, mais um post renascendo das cinzas direto aqui para o blog. Não me entendam mal, eu adoro a coluna ''Julgando Livros Pela Capa''. Só que dá um trabalhão fazê-la (#ShameOnMe Ever!). Um exemplo disto mesmo foi que eu passei quase 3 horas ontem só para coletar e editar o material que eu iria usar nesta edição. Mas o resultado está bem legal, e é isso o que importa.
.
No post de hoje, nós vamos ver como são as capas da série Feios pelo mundo à fora. Eu simplesmente amo esta história, e foi uma das minhas primeiras distopias (muito antes de me interessar por Jogos Vorazes, diga-se de passagem). Eu me foquei apenas nos livros protagonizados pela Tally Youngblood, por isso nós só vamos ver as imagens do primeiro livro, Feios, até o terceiro, Especiais. Espero que gostem!
.
.
Estados Unidos (Primeira Edição):
.
Esta é a versão com as capas originais da série Feios, e elas são no famoso estilo ''capa de revista''. Gosto delas, por quê elas são bem coloridas e exageradas, como um ensaio fotográfico de moda, sem falar que nós podemos ver a transformação da Tally em cada livro. Tudo bem que a de Feios e a de Especias são bem Freaks, mas eu adoro o efeito da tatuagem na imagem de Especiais...
.
.
Estados Unidos (Segunda Edição):
.
Estas capas foram lançadas no ano passado, e a arte delas ostentam um lado mais clean e high-tech, como o livro. Também gostei delas, com certeza chamam bastante a atenção, mas - sei lá - eu ainda acho que as anteriores possuem mais personalidade (sem falar que o formato do rosto coberto pelo lençol em Feios me dá calafrios!).
.
.
Brasil:
.
Eu sei, todos conhecem estas capas. Elas são da versão brasileira afinal. Mas o que vale ressaltar aqui é que, mesmo não utilizando as mesmas fotos e serem mais iluminadas, as nossas coberturas foram inspiradas na primeira versão das capas americanas, no estilão ''magazine''. Se formos reparar bem, até a cor do nome do Scott Westerfeld são os mesmo, de acordo com livro. Mesmo assim, acho que elas se destacam... Gosto muito da capa de Feios e Especias, mas a tatuagem da Tally no nosso Especiais ficou meio fake.
.
.
Reino Unido (Primeira Versão):
.
Nossa, eu simplesmente AMO estas primeiras capas inglesas. As cores, a formatação das letras, as Barbies, as linhas cirúrgcas... Tudo! Elas são muito bem humoradas, sem perder o lado Freak da coisa toda (afinal, a história de Feios é sim bem Freak!). Não tem como escolher uma preferida, pois as três sabem retratar muito bem aquele momento específico dos livros sem soar óbvio.
.
.
Reino Unido (Segunda Versão):
.
Esta segunda versão inglesa das capas de Feio também são arrasadoras. Se eu gosto das primeiras pelo teor satírico, eu gosto destas por toda a adrenalina que elas transmitem. Elas não lembram um poster de filme?! Acho isto demais! Sem falar que, nas ilustrações dentro das ''sombras'' dos personagens, nós temos cenas específicas de cada livro - e é muito cool, pois era exatamente assim que eu imaginava enquanto eu lia! *o*
.
.
Reino Unido (Terceira Versão):
.
Mas como nem tudo é perfeito... Este ano, a editora britânica está relançando a série por lá, e com muito menos brilhantismo por parte da equipe de marketing e designer gráfico. Além destas novas capas serem MUITO sem graças, se forem comparadas com as anteriores, para completar, eles colocaram uma chamadinha rídicula dizendo ''Antes de Jogos Vorazes, eles eram... (título do livro)''. O que é totalmente desnecessário. E #Fail, já que o universo dos dois livros são COMPLETAMENTE diferentes.
.
.
Itália:
.
Outra que segue o estilo capa de revista das primeiras edições americanas é a Itália. Mas diferente do Brasil, não achei o resultado de lá tão bem sucedido. Confesso que achei legal eles terem usado um outro ângulo da capa original de Feios, o que deixou a imagem até mais bonita... Mas achei muito nada a ver este casal em Perfeitos, e o efeito azulão da capa de Especiais distuou completamente do restante da série.
.
.
Alemanha:
.
Já as capas alemãs se focam mais na idéia da transformação da Tally, e eu achei isto realemente demais. Quero dizer, a idéia, já que as capas ficaram meio ''bizarras além do aceitável''. Eu até gosto da imagem de Feios com as marcações cirúrgicas, só que as artes de Perfeitos e Especiais ficaram artificiais demais, ainda mais se levarmos em conta que todas foram trabalhadas em cima da mesma foto.
.
ps: Outra coisa que me assusta é que todo livro mais ''famoso'' nos EUA é lançado pela Carlsen lá na Alemanha. Eu até comentei isto no post sobre Delírio, do blog ''Coração Literário''... Toda coluna do tipo, quando chega na capa referente ao país, eu já sei qual é a editora. Serio gente, este monopólio deles me dá calafrios!!! LOL
.
.
Indonésia:
.
Assim como a Alemanha, a editora da Indonésia também preferiu se focar nas transformações da Tally ao longo da série. E, desta vez, eu achei que o resultado final ficou legal, pois uma ilustração não se destoa da outra, como no caso acima. Elas podem até serem um pouco estravagantes (para não falar muito), mas acho que eles conseguiram passar muito bem este tom bizarro da série com relação à busca pela beleza.
.
.
Portugal:
.
Entretanto, se exite uma versão que faz muito juz ao título da série, esta é a Portuguesa. Até por quê, meu Deus, como estas capas são ridiculamente horrendas! Eu, se morasse lá, iria fazer questã de importar qualquer outra versão, já que eu não teria coragem de andar por aí com um livro que tem esta capa. Para mim, o pessoal de lá deve ter feito de propósito, por que eu não acho humanamente possível que alguém ache isto ai em cima interessante...
.
Será que eles levaram à sério a mensagem da série?! Só pode!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...