domingo, 20 de novembro de 2011

Resenha: Reino de Ferro

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
Alguma coisa sempre pareceu meio fora do lugar na vida de Meghan, desde que o pai desapareceu diante de seus olhos quando ela tinha apenas seis anos. Meghan nunca se adaptou na escola... nem em casa. Quando um desconhecido sombrio começa a observá-la de longe, e o amigo brincalhão se torna estranhamente superprotetor, Meghan sente que tudo que ela conhece está para mudar. 
.
Mas ela nunca poderia ter imaginado a verdade - que ela é filha de um mítico rei das fadas e peça importante numa guerra mortal. Agora Meghan vai aprender até onde é capaz de ir para salvar alguém que ama, deter um mal misterioso que nenhuma criatura encantada ousa enfrentar... e encontrar o amor com um jovem príncipe que talvez prefira vê-la morta a deixá-la tocar seu coração de gelo.  
.
O que eu achei?
.
Antes de ''O Rei de Ferro'', eu nunca tinha lido uma única página sequer de qualquer livro cujo o tema fosse fadas. Apesar de sempre ter tido um pouquinho de curiosidade acerca destas criaturas, toda vez que eu pensava em procurar por algum volume do gênero me vinham à mente imagens daqueles filmes esquisitões que passam na Sessão da Tarde, e logo a minha vontade passava. E esta espécie de bloqueio durou um bom tempo, até que  - depois de ver tantas resenhas positivas sobre o tema - eu decidi parar com aquele melodrama digno da Televisa e me arrisacar em uma leitura.
.
A minha primeira aposta foi ''O Rei do Ferro'', de Julie Kagawa, e logo de cara eu exalto que esta minha decisão foi um grande acerto. Se eu pudesse descrever o primeiro volume da série dos ''Encantados de Ferro'' em uma só palavra, eu diria que ele é ''Frenético''... Não no sentido da gíria carioca (ou talvez sim, também), mas pelo ritmo da história. Este é um livro em que acontece tanta coisa que, ao menos durante um minuto, você precisará parar a leitura para poder respirar um pouco. Ele literalmente arranca o seu fôlego, e os seus batimentos cardíacos só voltam ao normal depois que você ler umas três vezes o último parágrafo e fechar o volume de vez.
.
Outra coisa que me fez gostar bastante do romance de estréia de Julie Kagawa foi a mitologia que ela adaptou para a sua trama. Além de contar com uma gama de elementos do Folclore Irlandês e dos Contos de Fadas, a autora me conquistou de vez ao ambientar o seu unieso no mesmo cenário de um dos meus clássicos favoritos de todos os tempos: ''Sonho de Uma Noite de Verão'', do William Shakespeare.
.
Entretanto, um ponto que também chamou bastante a minha atenção foi a escrita da própria autora. Mesmo sendo contado em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Meghan Chase, durante vários momentos, a leitura me fez relembrar de Harry Potter e As Crônicas de Nárnia - dois livros incríveis da literatura Fantástica juvenil, e da qual sou orgulhosamente fã. Como se não bastasse isso tudo, ainda temos a belíssima diagramação e o cuidado gráfico apresentado pela editora, com direito a marca d'água na ponta de todas as páginas e auto-relevo pela capa inteira. Para mim, estes já seriam motivos suficientes para ler o livro um da série ''Os Encantados de Ferro''. Mas, se você quiser mais, eu te dou: o livro também tem romance, no melhor estilo ''amor proibido''.
.
Com isto, acho que já falei demais... Se você tiver a oportunidade de ler este livro, não deixe ela passar! ''O Rei do Ferro'' é aquele tipo de fantasia que faz falta nos dias de hoje, e que poucos conseguem fazer com tanta naturalidade. Com certeza, é bem diferente de tudo que temos visto aos montes por aí.
.
Meus Quotes Favoritos:
.
''- Alguém já disse que você tem a maturidade de uma criança de quatro anos?
    Ele ria com entusiasmo.
    - Olha quem fala! Não fui eu quem passou a noite toda com a luz acesa depois de assistir ao Massacre da Serra Elétrica. Eu tentei avisar. (...)''
Página 17
.
''- Pare com isso. (...) Por que está agindo assim? Já lhe dei a minha palavra; por que isso agora?
   - Só queria saber a sua posição, princesa. (...) Gosto de conhecer os meus inimigos antes de começar o combate. Descobrir pontos fortes e fraquezas.
   - Não estamos em um combate...
   - Nem todo combate é travado com espadas. (...)''
Página 224
.
''- Ninguém toca nela - Ash anunciou com tom gelado. - Se encostarem nela, congelo seus testículos e os ponho em um pote. Fui claro?''
Página 266
.
Curiosidade:
.
Eu sei bem que isto não é bem uma curiosidade, mas foi algo que me chamou bastante atenção durante a leitura. Mesmo tendo uma noção bem mediana de algumas lendas devido à minha bagagem com a série Harry Potter, uma coisa que me ajudou muito foram as Notas de Rodapé que a edição brasileira do livro apresenta. Sempre quando aparecia alguma criatura nova, a nota estava lá embaixo para explicar a sua origem, e acho que isto realmente é uma grande ajuda para os leitores que não estão tão acostumados com este tipo de fantasia.
.
TÍTULO: O Rei do Ferro
TÍTULO ORIGINAL: The Iron King
SÉRIE: Os Encantados do Ferro
PÁGINAS: 352
AUTOR(A): Julie Kagawa
EDITORA: Underworld
NOTA: 8,5

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...