quarta-feira, 25 de maio de 2011

Resenha: Nikki Chegou Para Ficar

.
''Na Minha Estante'' Assegura: A resenha a seguir está completamente livre de Spoilers... Leia sem Moderação e divirta-se!
.
Sinopse:
.
Emerson Se Foi...
.
Emerson Watts odeia seu nome, tem problemas com quase todo mundo na escola e seu melhor amigo parece nem desconfiar de sua paixão por ele. Parece que ela tem problemas? Pois um acidente num shopping aproxima Em e a famosa modelo Nikki Howard muito mais do que deveria, e é aqui que os problemas começam de verdade. Em - que já não era nenhuma rainha do Baile - não é mais a mesma. Literalmente.
.
...Nikki chegou para ficar!
.
O Que eu Achei?
.
Se tem uma escritora que invade a minha estante só com o seu nome, com certeza é a Meg Cabot. Até hoje, não li um único livro dela que eu não tenha gostado - sem falar que, sempre quando eu estou me sentindo meio para baixo, não tem nada melhor para levantar o  meu humor do que um texto produzido por ela.
.
Mesmo sabendo disto tudo, eu confesso que fiquei com um pé atrás depois de ler a sinopse  (completa, não a do Skoob...) de ''Cabeça de Vento'', primeiro romance da trilogia que leva o mesmo nome. Até por que, quem não ficaria?!  Afinal, uma história que mistura transplantes de cérebros, com o universo das celebridades e os dilemas dos adolescentes não se parece - à primeira vista - ser muito crível.
.
Só que é aí que está... A Meg tem um dom tão grande com as palavras que, mesmo com uma trama que tinha tudo para dar errado, ela consegue contar uma história fascinante e, ao mesmo tempo, verossímel. Recheado de humor, referências à Cultura Pop americana e, é claro, personagens cativantes, ''Cabeça de Vento'' tem tudo o que é preciso para agradar aos fãs da autora. E até quem não é fã também.
.
E verdade seja dita, este é um dos fatores que me fazem gostar à cada dia mais da Meg Cabot... Além de simpática e ter um estilo narrativo único, a mulher sabe se re-inventar. Não importa se é um romance para adolescentes, adultos, policial, sobrenatural ou ficção científica. Os livros dela são o máximo da diversão. E ''Cabeça de Vento'' não é diferente (mesmo sendo, claramente, apenas a introdução da série).
.
Quem Me Conquistou?
.
''Cabeça de Vento'' é um daqueles raros casos de livros em que você cria um carinho especial por todos os personagens. Sem exceção... Tudo bem, eu confesso que tive uma preferência ''um pouquinho'' maior pelo núcleo das Celebridades Jovens, mas nem por isto eu preteri os outros. Para exemplificar isto, as minhas personagens preferidas na trama são justamente duas representantes dos dois grupos: Lulu Collins (a filha de um famoso produtor de Hollywood e que acredita cegamente que a amiga Nikki Howard sofreu uma ''transferência espirítual'' à mando dos cientologistas) e Frida Watts (irmã mais nova da Emerson, e que é o completo oposto da garota).
.
Meu Quote Favorito
.
''- Espere  um pouco - eu pedi - Então, de acordo com o Estado de Nova York, eu estou morta?
- Emerson Watts está morta - corrigiu ele.
- Mas... EU sou Emerson Watts! - exclamei.
- É mesmo? - perguntou ele sorrindo.''
.
página 163
.
Minha Playlist
.
Música: New Perspective - Artista: Panic! At The Disco
.
Para a minha playlist de ''Cabeça de Vento'', eu pensei em várias músicas: Vogue, Piece of Me... Mas era tudo muito superficial. Nenhuma parecia traduzir a VERDADEIRA essência do livro. Pois ''Cabeça de Vento'' fala mais do que sobre o universo da moda ou preço da fama. O que ele aborda, na verdade, é como o seu ponto de vista pode mudar quando você se vê no ''outro lado da moeda''. E, para mim, não existe canção melhor para exemplificar isto do que ''New Perspective''.
.
TÍTULO: Cabeça de Vento
TÍTULO ORIGINAL: Airhead
SÉRIE: Cabeça de Vento
PÁGINAS: 319
AUTOR(A): Meg Cabot
EDITORA: Galera Record
NOTA: 8,0

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...