quarta-feira, 11 de maio de 2011

Coluna: Julgando Livros Pela Capa #3

.
E depois de um hiato de DOIS meses, finalmente - direto do ''Túnel do Tempo'' - chega para vocês a 3° edição da coluna ''Julgando Livros Pela Capa''!
.
Vejam bem, eu AMO de paixão fazer este post. Só que tem um pequeno probleminha... ''Dá ''  um trabalhão coletar todas as capas de um mesmo livro - mesmo que, do nosso lado, esteja a barra de busca do Google!  Só que nem sempre é fácil encontrar a palavra chave certa para determinada imagem - sem falar que sou um preguiçoso de marca maior, porém isto não é desculpa.
.
Mesmo com todo o trabalho que ''dá'', é sempre maravilhoso encontrar uma nova arte de um livro que você gosta. E, desta vez, me diverti bastante navegando mundo à fora atrás de capas diferentes para ''A Breve Segunda Vida de Bree Tanner''.
.
Então, ficaram curiosos com o que eu achei?!
.
.
EUA: A arte mais famosa do livro... A capa americana de ''Bree Tanner'' segue os mesmos padrões estabelecidos nos livros anteriores da ''Saga Crepúsculo'': Fonte prateada, fundo negro, contraste do vermelho com o branco e etc. Porém, por mais que ela já siga um modelo pré estabelecido, ainda sim ela consegue nos surpreender - sem falar que o significado da ampulheta foi um dos mais legais já criado para uma capa da série.
.
Brasil: Assim como nos volumes anteriores, a editora Intrínseca decidiu por manter a capa original na versão brasileira - o que foi muito legal, já que não alterou muita coisa, e assim podemos ver o detalhe ''fang'' na letra T do título (uma das formatações mais legais já criada para um logo da saga).
.
.
Alemanha: Muita gente baba pelas capas alemãs da série... Mas eu nunca achei elas tudo isto. Na verdade, acho as artes de lá bem esquisitas. Sei lá, a imagem sempre parece estar saturada demais, com cores estouradas - sem falar que usar desenhas sobrepostos ao retrato da garota (que sempre está cortada em um ângulo estranho) não me parece muito legal. Mas é aquilo: Gosto é gosto!
.
ps: Da Alemanha, eu só gosto do trocadilho que eles fazem com o título da série - aquele do Mordida até/Até ''alguma coisa''... Em Bree Tanner Foi: Mordida até/Até os Primeiros Raios de Sol - A Segunda Breve Vida de Bree Tanner.
.
França: As novas edições da Saga Crepúsculo na França conta com uma nova formatação para as imagens já conhecidas no mundo todo - às da capa americana. Só que eles não fizeram isto em ''Bree Tanner''. Na verdade, eles deixarão igual à original, só mudando o título (para um BEM bizarro): ''Chamada de Sangue - A Segunda Vida de Bree Tanner''. Uma pena.
.
.
Espanha: Sem sombra de dúvidas, uma das mais interessantes e inovadoras capas de ''Bree Tanner''... Além de não usarem a mesma arte que a edição americana - como metade do mundo fez - eles ainda fugiram do padrão do ''fundo preto'', explorando bastante o contraste do branco e do vermelho. Foi uma ótima jogada eles terem deixado esta ''palmada de sangue'' na capa - como se a própria Bree quem tivesse tocado no livro. Gostei!
.
Coréia: Eu nem tenho o que falar. As capas da Coréia são simplesmente lindas - e a de ''Breve Segunda Vida de Bree Tanner'' não poderia ser diferente (se você ainda não viu as outras imagens, procurem... Elas são de babar!). Amei a ilustração sombria e misteriosa da capa (bem ao estilo de ''O Chamado'' *-*) e amei² eles terem ''linkado'' a fita vermelha de Eclipse na imagem. Nem tem como: Esta é a minha capa preferida!
.
Bom, de ''Bree Tanner'', é só isto que eu tenho para mostrar... Mas se você ficou curioso, e ainda não leu o livro, basta passar na minha resenha do volume e conhecer um pouquinho mais sobre esta história. Se você já leu e quer compartilhar a sua opinião, pode passar lá também!
.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...